Revista Rua

2021-12-16T14:54:49+00:00 Descobrir, Viagens

O Zino’s Palace é o local ideal para um reveillon cor-de-rosa

O tema escolhido para assinalar o Ano Novo no palacete mais romântico do arquipélago é a promessa de um ano “cor-de-rosa”.
Redação16 Dezembro, 2021
O Zino’s Palace é o local ideal para um reveillon cor-de-rosa
O tema escolhido para assinalar o Ano Novo no palacete mais romântico do arquipélago é a promessa de um ano “cor-de-rosa”.

O Zino’s Palace, na Madeira, assegura ser o local perfeito para entrar em 2022 de forma especial e inesquecível. O tema escolhido para assinalar o Ano Novo no palacete mais romântico do arquipélago é a promessa de um ano “cor-de-rosa”.

O programa de reveillon é desenvolvido pela Amazing Evolution e inclui duas noites de alojamento com pequeno-almoço, early check-in e welcome drink e um requintado jantar na noite de Passagem de Ano. Este emblemático palacete situado na Ponta do Sol, a 22 km do Funchal, conta com nove quartos, restaurante, piscina exterior, bar e um pátio extenso com zonas de esplanada.

O jantar no Zino’s Palace, que antecede a comemoração do Ano Novo, inicia-se com o welcome drink – águas, sumo de laranja, vinho Madeira, vinho branco e tinto, gin tónico, Martini Bianco & Rosso e canapé do Chefe. Segue-se o tiradito “A Pesca do Dia” e uma tarte de cogumelos como entrada. O prato principal começa com uma opção “Do Mar” – bacalhau confitado, crumble de broa musselina de abóbora e guarnição de alho francês –, passando por um “Tira Sabores” – esfera de mojito – e terminando com uma opção “Da Terra” – porco preto com molho “Madeira” e sementes de mostarda e maçã assada. O jantar termina com uma doce tarte com variedades de frutos da ilha.

Há ainda uma seleção variada de bebidas para acompanhar a refeição, que inclui águas, refrigerantes, cervejas, vinho tinto e branco Quinta da Lapa e serviço de cafetaria. No fim do jantar, os clientes poderão contar com uma flute de Espumante e as indispensáveis passas para a contagem decrescente para o início de 2022, ano esse que se espera “cor-de-rosa”.

Partilhar Artigo: