Revista Rua

2021-05-13T11:46:39+01:00 Radar

Oito anos de gnration assinalados com uma programação especial

Nos dias 7, 8 e 9 de maio, o gnration promove um programa de performances filmadas, conversas, documentários e concertos.
©Carvalho Araújo
Redação6 Abril, 2021
Oito anos de gnration assinalados com uma programação especial
Nos dias 7, 8 e 9 de maio, o gnration promove um programa de performances filmadas, conversas, documentários e concertos.

No ano em que o gnration assinala oito anos de existência e considerando que a atualidade não permite a habitual celebração em grande escala, o aniversário é comemorado com um programa híbrido que se divide entre o espaço físico e o online, ao longo de três dias. Assim, nos dias 7, 8 e 9 de maio, o gnration promove um programa de performances filmadas, conversas, documentários e concertos. À exceção do filme-concerto Surdina, que tem um custo de 7€, os restantes eventos do programa são gratuitos.

No programa online, esperam-se vários artistas com práticas distintas para levarem a cabo a direção de arte de um conjunto de quatro performances em vídeo com vários músicos nacionais, tendo sido gravadas à porta fechada e em diferentes locais do edifício. Assim, o gnration apresenta: Ermo (performance) e Jonathan Uliel Saldanha (direção de arte), João Pais Filipe/Pedro Melo Alves (performance) e Rodrigo Areias (direção de arte), Susana Santos Silva (performance) e Inês D’Orey (direção de arte), e Gala Drop (performance) e Sara Graça (direção de arte). Ainda no mesmo programa, o gnration apresenta alguns dos pontos cardeais que regem toda a programação, destacando a contínua aposta na criação artística local, no domínio da música, através de um documentário sobre a iniciativa Trabalho da Casa, assim como uma conversa com a cineasta e artista visual Salomé Lamas, conduzida por Justin Jaeckle. Entre outras iniciativas, é apresentada a identidade gráfica que vigora desde 2014, através de uma peça documental que retrata a matéria gráfica como transposição visual da personalidade do programa artístico.

Já na vertente presencial, a programação convida o guitarrista Tó Trips para apresentar Surdina, o filme-concerto que conta com a colaboração do cineasta Rodrigo Areias. Ainda no palco da Blackbox, é altura de receber Medusa Unit, num concerto que integra o projeto Invasor Abstracto. Na manhã de sábado, o Circuito – Serviço Educativo da Braga Media Arts promove um workshop e uma visita guiada, ambas intrinsecamente relacionadas com o programa expositivo geral do gnration.

A programação pode ser conhecida na íntegra no site do gnration.

Partilhar Artigo: