Revista Rua

2019-11-19T10:09:35+00:00 Cultura, Música, Radar

Ornatos Violeta inauguram o Super Bock Arena no Porto

Em noite de celebração dos 20 anos do álbum O Monstro Precisa de Amigos, a banda portuguesa Ornatos Violeta atua em concerto já esgotado na inauguração da Super Bock Arena, no Porto.
Redação11 Outubro, 2019
Ornatos Violeta inauguram o Super Bock Arena no Porto
Em noite de celebração dos 20 anos do álbum O Monstro Precisa de Amigos, a banda portuguesa Ornatos Violeta atua em concerto já esgotado na inauguração da Super Bock Arena, no Porto.

Texto: Inês Rodrigues

Depois do sucesso do regresso dos Ornatos Violeta para concertos em vários pontos do país neste verão, a banda portuguesa anunciou um concerto, que entretanto já esgotou, em noite de inauguração da Super Bock Arena (o Pavilhão Rosa Mota), no Porto, a 31 de outubro. A rápida adesão do público fez com que a banda anunciasse mais um concerto na arena do Porto, a 1 de novembro. O encerramento desta série de concertos dos Ornatos Violeta em 2019 acontece a 6 de dezembro, no Campo Pequeno, em Lisboa.

Para celebrar o 20.º aniversário do álbum O Monstro Precisa de Amigos, estes concertos recentemente anunciados assumem um formato especial (em 360º, no centro da plateia). Após o curto regresso aos palcos, para a interpretação integral da sua obra em quatro grandes festivais – NOS Alive, MEO Marés Vivas, Maré de Agosto e Festival F, o grupo aceitou o convite para a inauguração da Super Bock Arena (Pavilhão Rosa Mota), dada a ligação ao Palácio de Cristal, icónico ex-libris do Porto. E, para que o público do centro e sul do país possa juntar-se a esta grande festa, os Ornatos Violeta confirmam agora que levam o concerto a Lisboa, para assim encerrarem definitivamente este ano de comemorações do álbum.

 O Monstro Precisa de Amigos, o segundo e último álbum de originais dos Ornatos Violeta, editado a 22 de novembro de 1999, superou as expectativas criadas pelo disco de estreia, Cão!, e confirmou o talento de Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados) na composição de canções intemporais que, ano após ano, continuam a ser descobertas, recuperadas ou interpretadas pelas gerações mais novas. É o caso de “Capitão Romance”, que conta com o convidado especial Gordon Gano, dos Violent Femmes, uma das maiores referências dos Ornatos Violeta, a cantar em português; “Chaga”, “Dia Mau” ou “Ouvi Dizer” — com a participação especial e memorável de Vítor Espadinha, verdadeiros tesouros do cancioneiro nacional.

Formados no Porto em 1991, os Ornatos Violeta estiveram em atividade perto de uma década, durante a qual conquistaram o estatuto de banda de culto, graças aos dois álbuns editados e às suas intensas prestações em concerto. Em 2002 anunciaram a separação, regressando em 2012 para a celebração dos 20 anos da sua formação, com oito concertos especiais. Em 2019 voltaram para comemorar mais um marco, os 20 anos de O Monstro (ainda) Precisa de Amigos.

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais.

Partilhar Artigo: