Revista Rua

2019-01-24T14:36:55+00:00 Cultura, Dança

Os estereótipos de género numa coreografia de Tabea Martin no CCB

A 1 e 2 de fevereiro, o pequeno auditório do Centro Cultural de Belém recebe “Pink for Girls & Blue for Boys”, uma coreografia de Tabea Martin.
Pink For Girls Blue For Boys ©Michaela Di Savino
Redação24 Janeiro, 2019
Os estereótipos de género numa coreografia de Tabea Martin no CCB
A 1 e 2 de fevereiro, o pequeno auditório do Centro Cultural de Belém recebe “Pink for Girls & Blue for Boys”, uma coreografia de Tabea Martin.

Com quatro bailarinos em palco, Tabea Martin apresenta uma coreografia que explora os estereótipos de género e a forma como se superam. Numa peça bem-disposta, Pink for Girls & Blue for Boys exige que se “quebrem as fronteiras do pensamento de género” e que se repense a questão da identidade, colocando em evidência os limites e as pressões dos rótulos. Será que o cor-de-rosa é apenas para raparigas e o azul para os rapazes? Será que os rapazes conseguem subir às árvores, mas as raparigas não? E as raparigas podem chorar, mas os rapazes não? Onde começa a exclusão? Pink for Girls & Blue for Boys promete um espetáculo divertido e, ao mesmo tempo, inquisitório sobre os rótulos impostos pela sociedade.  

Partilhar Artigo: