Revista Rua

2021-01-21T17:56:34+00:00 Descobrir, Viagens

Perca-se pelas ruas da cidade nomeada para o Melhor Destino Europeu 2021

A cidade de Braga está nomeada para Melhor Destino Europeu. As votações já abriram!
Redação21 Janeiro, 2021
Perca-se pelas ruas da cidade nomeada para o Melhor Destino Europeu 2021
A cidade de Braga está nomeada para Melhor Destino Europeu. As votações já abriram!

Por Mariana Sousa Lopes

Braga é a única cidade portuguesa nomeada para o prémio. A RUA sugere-lhe alguns locais a visitar, pela cidade com mais 200 anos de história, desde o património mundialmente reconhecido, as ruas emblemáticas, a criatividade presente na gastronomia e até os sítios ideais para passar a noite.

Duas cidades portuguesas já foram vencedoras do prémio Melhor Destino Europeu, promovido pela European Best Destinations: Lisboa nos anos de 2010 e 2015 e Porto em 2012, 2014 e 2017. No ano passado, Braga ficou em segundo lugar no concurso. Mas reconhecimentos é algo que Braga já tem bastantes: em 2012 teve a distinção de Capital Europeia da Juventude, em 2016 foi a Capital Ibero-Americana da Juventude e, em 2018, foi a Cidade Europeia do Desporto. A OCDE também já distinguiu a cidade como terceira cidade mais feliz da Europa, colocando-a no top das cidades com melhor qualidade de vida a nível europeu.

Segundo o município, a nomeação da cidade para Melhor Destino Europeu justifica-se por Braga “ser um dos destinos europeus com maior crescimento turístico na Europa, ter sido uma cidade que rapidamente implementou diversas medidas de saúde pública para proteger a sua população contra a pandemia de Covid-19, tendo inclusivamente sido mencionada pela OCDE como exemplo de boas práticas nesta matéria”. A vitória deste concurso será importante para a visibilidade da cidade no panorama internacional e o grande desenvolvimento no turismo e investimentos possíveis na cidade, principalmente numa altura de pandemia. A votação é realizada pelo público, entre dia 20 de janeiro e 10 de fevereiro, no site www.vote.ebdest.in

Braga é reconhecida como a Cidade dos Arcebispos, devido à grande influência religiosa na cidade, como a Semana Santa ou Festas de São João – já para não falar dos vários edifícios religiosos com história. A Sé de Braga, por exemplo, é um dos lugares mais marcantes da cidade. Localizada no centro histórico, a Sé foi projetada no final do século XI, com uma vertente da arte barroca e gótica muito frisada. O Santuário do Bom Jesus foi declarado Património Mundial da UNESCO e, com cerca de 26 hectares, onde é possível passear entre fontes, capelas e jardins, é também um destaque turístico. Subir a escadaria que o leva a uma das melhores vistas sob cidade, principalmente durante o pôr do sol, é um plano imperdível numa visita a Braga. Ainda para uma experiência religiosa e, ao mesmo tempo, de vislumbre paisagístico, é de louvar o Santuário do Sameiro. Um pouco mais afastado do centro da cidade, existem alguns locais de interesse como a Capela de São Frutuoso, o Paço Arquiepiscopal ou o Mosteiro de Tibães.

  • Centro de Braga ©D.R.
  • Arco da Porta Nova ©Nuno Sampaio
  • Sameiro ©Nuno Sampaio
  • Bom Jesus ©Nuno Sampaio
  • Palácio do Raio ©Nuno Sampaio
  • Festas de São João ©WAPA
  • Semana Santa ©Nuno Sampaio
  • Largo do Paço ©Nuno Sampaio

A forma mais indicada para começar um passeio pela cidade de Braga é através da passagem no Arco da Porta Nova, o símbolo mais característico e icónico da cidade, que criou a expressão tão conhecida “És de Braga?”. Uma vez no centro de Braga, visite a Praça da República, o Convento e Basílica dos Congregados, o Jardim de Santa Bárbara e o Paço Arquiepiscopal. Ainda é possível visitar a famosa Rua do Souto, que é reconhecida pela “Avenida de Braga”, onde pode percorrer algumas lojas de comércio local. Não se esqueça de incluir ainda no roteiro o Theatro Circo, que foi inaugurado em 1915, e é até hoje uma das grandes referências culturais da região; o Palácio do Raio; o Museu da Imagem; e o Jardim do Museu dos Biscainhos.

Braga também é uma referência no mundo gastronómico, desde o bacalhau à narcisa, papas de sarrabulho, frigideiras e o arroz pica no chão. É possível encontrar estes e outros sabores no restaurante Azeite & Alho, com o chef Ivo Loureiro, no Restaurante Panorâmico do Hotel do Elevador do Bom Jesus do Monte, e com uma criatividade surpreendente no restaurante Ao Deus Dará com o chef Ricardo Gonzalez. No estabelecimento de restauração mais antigo da cidade, Frigideiras do Cantinho, consegue encontrar as melhores frigideiras da cidade. Em todos estes espaços conseguirá encontrar um pouco dos sabores de Braga, assim como o pudim abade de priscos, viúvas, doce branco, tíbias e sameirinhos. Não podendo faltar uma ida ao café A Brasileira, à Lusitana ou ao Café Vianna, situados no centro da cidade. Na zona da Sé de Braga, ainda existem vários cafés e bares, com ambientes exclusivos, desde música à cerveja artesanal, como Estúdio 22, Sé La Vie, Letraria ou Rossio. Outro dos lugares célebres da cidade é a Casa das Bananas, principalmente no dia de Consoada, que enche as ruas da cidade com a tradição de “comer uma banana e beber um banano”. Num ambiente de festa, os bracarenses bebem moscatel e comem uma banana, para celebrar o Natal.

Na cidade há uma grande oferta para passar a noite, seja em lugares mais económicos como a Sé Guesthouse ou nas cadeiras de hotéis conhecidas, como o Meliã Braga. Uma das sugestões que deixamos é que descubra os encantos hospitaleiros dos hotéis localizados no Bom Jesus, como o Hotel do Parque, o Hotel do Templo, o Hotel do Lago ou o Hotel do Elevador.

Perca-se nas ruas da cidade bracarense, crie e viva as histórias de um dos melhores destinos europeus!

Partilhar Artigo: