Revista Rua

2020-09-29T11:30:48+00:00 Bem-Estar, Cultura

Plataforma do Pandemónio – Uma nova associação cultural com origem em Braga

Redação
Redação29 Setembro, 2020
Plataforma do Pandemónio – Uma nova associação cultural com origem em Braga

A Plataforma do Pandemónio é uma nova associação artística e cultural, de Braga, que nasceu da necessidade de instituir a Arte e Cultura como complemento importante numa sociedade que urge de ajuda nestes tempos que vivemos. Tempos esses que exigem da Arte e da Cultura não só capacidade de adaptação e criatividade, mas também a tenacidade de continuar a resistir na empreitada que é querer mudar o mundo. É da convicção profunda no poder transformador da Arte que nasce o serviço educativo, PANDEMONIUM.

Com uma equipa de formadores experientes, alinhados em torno dos mesmos objetivos, mas também com o lançamento duma programação cultural sustentada da criação multidisciplinar e na expansão de novos artistas, a Plataforma do Pandemónio propõe aqui um conjunto de iniciativas destinadas a possibilitar um primeiro contacto com o universo artístico.

Apoio ao estudo

Numa tentativa de apoiar os alunos, e fazendo o paralelismo com muitas outras disciplinas como a Matemática ou o Português, o PANDEMONIUM disponibiliza um serviço online de Apoio ao Estudo. Aqui, os seus professores comprometem-se com o sucesso de cada um dos nossos alunos, num apoio personalizado (em sessões de estudo acompanhado online).

O Jardim do PAN

O Jardim do PAN é a escola artística do PANDEMONIUM, o serviço educativo da Plataforma do Pandemónio. Esta é uma oportunidade de formação artística multifacetada, onde a música é disciplina nuclear (através da frequência de sessões semanais dos Laboratórios de Aprendizagem Musical), mas onde  esta se cruza e interseciona com outras disciplinas artísticas. Estruturada em quatro níveis diferentes de aprendizagem (principiante, intermédio, avançado e adulto), esta escola constrói-se não num edifício físico, sujeito ao espartilho das restrições de circulação e interações sociais, mas em Laboratórios de Aprendizagem Musical sediados nas casas dos próprios professores, espalhados pelo eixo Braga-Guimarães e V.N.Famalicão-Trofa.

Oficina de Escrita

A Oficina de Escrita nasce de uma vontade de levar a Arte e a Cultura às diferentes comunidades, não numa perspectiva de consumo, mas sim num sentido verdadeiramente transformador.

Partilhar Artigo: