Revista Rua

2019-04-15T12:19:34+00:00 Cultura, Outras Artes, Radar

Primeira grande exposição sobre Banksy chega a Lisboa em junho

“Banksy: Genious or Vandal” é a mostra sobre o iconoclasta britânico que revolucionou a arte contemporânea e cuja identidade permanece uma incógnita. Exposição estará patente até 27 de outubro.
Redação
Redação15 Abril, 2019
Primeira grande exposição sobre Banksy chega a Lisboa em junho
“Banksy: Genious or Vandal” é a mostra sobre o iconoclasta britânico que revolucionou a arte contemporânea e cuja identidade permanece uma incógnita. Exposição estará patente até 27 de outubro.

Num evidente convite à descoberta do misterioso universo criado por Banksy, a exposição Banksy: Genious or Vandal apresenta mais de 70 obras originais cedidas por vários colecionadores privados internacionais. A mostra chega a Lisboa a partir de 14 de junho, na Cordoaria Nacional, mas os bilhetes vão ser colocados à venda já no dia 20 de abril.

Banksy divide opiniões. Génio ou vândalo? Este artista britânico cuja identidade não é conhecida é considerado por muitos como um dos expoentes máximos da arte de rua contemporânea. Com abordagens satíricas sobre questões políticas, culturais ou até éticas, Banksy envolve o seu trabalho em mistério, com protestos visuais que o transformam numa figura mítica dos nossos dias.

Esta exposição aproxima o espetador do controverso universo artístico de Banksy, considerado um dos criadores mais influentes dos últimos anos, com criações que exploram diferentes áreas temáticas e se exibem em múltiplos formatos, como esculturas, instalações, vídeos e fotografias. As peças em exposição provêm de coleções particulares e, graças ao apoio da Lilley Fine Art / Galeria de Arte Contemporânea, são exibidas pela primeira vez em Portugal. Entre as obras mais reconhecidas da exposição está a serigrafia original da série Menina com um balão, semelhante à destruída pelo artista numa ação inédita na leiloeira londrina Sotheby’s.

“Banksy adquiriu o status de um fenómeno e é um dos artistas mais brilhantes e importantes do nosso tempo. O seu trabalho é um desafio para o sistema, um protesto, uma marca extremamente bem construída, um mistério, uma desobediência à lei… Queremos que cada visitante desta exposição seja capaz de resolver quem realmente é Banksy: um génio ou um hooligan? Um artista ou um empreendedor? Um provocador ou um rebelde? A nossa exposição tem como objetivo mostrar a profundidade do talento de Banksy, as suas múltiplas camadas e dimensões para que sejam os próprios visitantes quem pensa e quem decide. O seu trabalho, sempre atual e muito completo, mergulha na alma de cada um de nós. Suponho que é por todas estas razoes que o considero um génio”, destaca o curador da exposição, Alexander Nachkebiya.

Convém referir que esta exposição, tal como todas as outras que já lhe foram dedicadas, não é autorizada por Banksy, que continua a defender o seu anonimato e a sua independência do sistema.

Partilhar Artigo:
Fechar