Revista Rua

2020-06-18T19:41:14+00:00 Atelier, Bazar

Projeto Volta: meias originais e solidárias irão apoiar alguns dos setores mais em risco

O projeto nasceu da colaboração entre empreendedores, artistas, industriais, tecnológicos, comunicadores e transportadores, criando um produto que é 100% português.
Redação
Redação18 Junho, 2020
Projeto Volta: meias originais e solidárias irão apoiar alguns dos setores mais em risco
O projeto nasceu da colaboração entre empreendedores, artistas, industriais, tecnológicos, comunicadores e transportadores, criando um produto que é 100% português.

O Projeto Volta é uma iniciativa que une artistas nacionais, diversas associações e alguns dos setores mais afetados pelas consequências da atual pandemia, em torno de um objetivo: criar um produto original e, simultaneamente, solidário, que irá apoiar alguns dos setores mais congestionados pela atual desaceleração da economia ou que mantiveram uma presença muito forte na linha da frente.

Sob o lema #CaminhamosJuntos, o primeiro produto a ser lançado são meias ilustradas, sendo que cada modelo é alusivo a um determinado setor da economia, com o fim de apoiar uma respetiva associação. Desta forma, cada modelo tem um valor de 12,50€ e, por cada par de meias vendido, é realizada uma doação de 1€ para a respetiva associação com o modelo alusivo ao setor correspondente. O objetivo é conseguir que cada associação possa promover os seus produtos e incentivar o consumo, por parte dos portugueses (e não só), de produtos exclusivamente nacionais.

O projeto nasceu da colaboração entre empreendedores, artistas, industriais, tecnológicos, comunicadores e transportadores, criando um produto que é 100% português e que transmite uma mensagem de união e esperança. Sendo assim, foram selecionados: 12 dos setores mais afetados pela desaceleração da economia ou os que têm marcado presença na linha da frente; 12 artistas nacionais do ramo da ilustração, da pintura e do design; 12 parceiros nacionais cujas valências são complementares; 12 associações de cariz económico e social, sendo que cada uma está relacionada com um respetivo setor. No final, foram projetados 12 modelos de meias originais e divertidas. Aka Corleone, Cesáh, Contra, Diogo Matos, Glam, Lara Luís, Margarida Fleming, Oker, Teresa Murta, The Caver e Uivo foram os ilustradores nacionais convidados para participar no projeto.

Desta forma, foi possível desenvolver modelos criativos e especiais, como as Meias Fadistas, ilustradas por Margarida Fleming, que pretendem apoiar o setor da Música, mais concretamente a GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas, ou as Meias Cura, direcionadas para o setor da Saúde e ilustradas por Glam, que se comprometem a apoiar o CHLC- Centro Hospitalar Lisboa Central. Já as Meias Sola, voltados para o setor do Calçado, apoiam a ANCAP – Associação Nacional de Combate à Pobreza, enquanto as Meias Nómada apoiam o Turismo de Portugal.

Todos os modelos podem ser conhecidos e adquiridos no site oficial do projeto ou em pontos selecionados em Lisboa e no Porto, respetivamente, no Crack Kids e no Circus Network.

Partilhar Artigo: