Revista Rua

2019-02-27T18:01:41+00:00 Cultura, Outras Artes

Purple do britânico John Akomfrah no Museu Coleção Berardo até 10 de março

A exposição Purple retrata paisagens ecológicas em perigo e está patente no museu até 10 de março.
Redação27 Fevereiro, 2019
Purple do britânico John Akomfrah no Museu Coleção Berardo até 10 de março
A exposição Purple retrata paisagens ecológicas em perigo e está patente no museu até 10 de março.

Até 10 de março, a exposição Purple do artista e realizador britânico John Akomfrah está em destaque no Museu Coleção Berardo, em Lisboa. Purple é encenado numa variedade de paisagens ecológicas em perigo, desde o interior do Alasca à gelada e desolada Gronelândia ou às vulcânicas Ilhas Marquesas, no Pacífico Sul e é o projeto mais ambicioso do artista até à data. A exposição desenvolve-se em instalação de vídeo em seis ecrãs que mapeia as progressivas alterações climáticas em todo o planeta e os seus efeitos nas comunidades, na biodiversidade e na vida selvagem. Destacando-se no seguimento de Vertigo Sea (2015), obra de Akomfrah em destaque na 56.ª Bienal de Veneza, Purple forma o segundo capítulo de uma tetralogia cinematográfica sobre a estética e a política da matéria.

Cada local destacado nesta exposição “incita o observador a meditar na complexa relação entre os seres humanos e o planeta”, numa altura em que, de acordo com as Nações Unidas, “as emissões de gases de efeito de estufa decorrentes da atividade humana se encontram em máximos históricos e as populações experienciam o significativo impacto das alterações climáticas — incluindo a alteração dos padrões meteorológicos, a subida do nível do mar e eventos meteorológicos mais extremos”.

A extinção de mamíferos, a memória do gelo, o plástico no oceano e o aquecimento global são algumas ideias retratadas em Purple.

Partilhar Artigo: