Revista Rua

2020-04-08T19:03:47+01:00 Cultura, Outras Artes, Radar

“Sebenta da Quarentena” para combater o isolamento dos mais idosos

"Mistaker Maker" cria um guia gratuito com 40 atividades artísticas.
©D.R.
Redação2 Abril, 2020
“Sebenta da Quarentena” para combater o isolamento dos mais idosos
"Mistaker Maker" cria um guia gratuito com 40 atividades artísticas.

Os responsáveis pela plataforma artística Mistaker Maker lançaram um desafio a vários artistas, de várias áreas e backgrounds artísticos, para criarem a Sebenta da Quarentena | 40 ideias para aproveitar o tempo.

É um projeto que se apresenta como um compêndio de ilustrações para pintar, com histórias, mensagens, ‘inícios de conversa’, quebra-cabeças, palavras ilustradas, ‘novas formas de comunicação’ entre idosos e o mundo, entre avós e netos. Mensagens que, nas suas mais variadas formas, podem iniciar um contacto, conversação, uma aproximação, mas também ser enviadas/trocadas pelas compras ou entregas que são feitas nas casas destes idosos por voluntários.

O desafio lançado pela Mistaker Maker aos vários autores foi simples: criar ‘algo’ capaz de despertar empatia num idoso, de arrancar um sorriso, de o levantar do sofá, de firmar um pensamento positivo ou de lhe alimentar a alma nos dias estranhos que estão a viver, cimentando a certeza de que há alguém, perto ou longe, a cuidar dele.

Com isto a Mistaker Maker quer ajudar a minimizar o isolamento partilhado por quase toda a população, utilizando a arte como ferramenta de união.

Para Lara Seixo Rodrigues, fundadora da Mistaker Maker, este é um tema especialmente próximo. Tal como na altura em que lançou o workshop de street art para idosos – Lata 65 – também agora, juntamente com um grupo de 40 artistas, decidiu atuar contribuindo de forma voluntária para a inclusão e acompanhamento dos mais idosos neste momento tão difícil.

Desta iniciativa participam autores como ±MaisMenos±, Aheneah, AkaCorleone, André Letria, José Lourenço, Mariana a miserável, Nevesman (autor da capa), Pantónio, entre muitos outros.

A Sebenta também está disponível online, num website especialmente criado para o efeito no qual é possível descarregar este conteúdo para que as pessoas, (incluindo os mais idosos) que têm acesso às novas tecnologias, possam também participar deste movimento de inclusão associada às artes.

Partilhar Artigo: