Revista Rua

2021-04-07T10:36:15+01:00 Cultura, Pintura

Serralves dá início ao programa de Itinerâncias Nacionais 2021 com exposição de Ângelo de Sousa em Vila Real

Os desenhos, pinturas e esculturas de Ângelo de Sousa não ilustram conceitos, nunca partem de ideias, mas antes da ânsia de fazer e pensar com as mãos.
Pintura de Ângelo de Sousa ©Filipe Braga
Redação
Redação7 Abril, 2021
Serralves dá início ao programa de Itinerâncias Nacionais 2021 com exposição de Ângelo de Sousa em Vila Real
Os desenhos, pinturas e esculturas de Ângelo de Sousa não ilustram conceitos, nunca partem de ideias, mas antes da ânsia de fazer e pensar com as mãos.

O Museu da Vila Velha, em Vila Real, irá receber no dia 7 de abril a exposição Ângelo de Sousa: Quase tudo o que sou capaz. Esta exposição dá inicio ao programa de itinerâncias nacionais da Fundação de Serralves, em 2021. A inauguração contará com as presenças do Presidente do Município de Vila Real, Rui Santos, da Presidente da Fundação de Serralves, Ana Pinho, e da Vereadora da Cultura, Eugénia Almeida.

Ângelo de Sousa: Quase tudo o que sou capaz reúne uma seleção de desenhos, pinturas e esculturas do artista que sublinham a importância da contaminação entre disciplinas para a evolução da prática artística de Ângelo de Sousa. A presente exposição refuta a imagem dominante do pintor Ângelo, demostrando que o desenho e a escultura são não apenas facetas fundamentais da sua obra mas também aquelas em que porventura é mais evidente o espírito experimentalista dos seus trabalhos

Esta iniciativa realiza-se no âmbito do acordo de integração do Município de Vila Real como Fundador de Serralves e integra-se no Programa de Exposições Itinerantes da Coleção de Serralves, com o objetivo de tornar este acervo acessível a públicos diversificados de todas as regiões do país. Este programa percorre o país, apresentando diferentes exposições e obras em mais de 30 municípios, cumprindo assim a missão da Fundação de Serralves de apoio efetivo à descentralização da oferta cultural.

Partilhar Artigo: