Revista Rua

2021-01-13T17:46:10+00:00 Cultura, Outras Artes

Teatro Viriato assinala Aniversário da Arte com programação especial

O programa multidisciplinar “1 000 058.º Aniversário da Arte” já se encontra disponível no site oficial do Teatro Viriato.
Redação13 Janeiro, 2021
Teatro Viriato assinala Aniversário da Arte com programação especial
O programa multidisciplinar “1 000 058.º Aniversário da Arte” já se encontra disponível no site oficial do Teatro Viriato.

Por Sofia Rodrigues

O Teatro Viriato inicia o novo ano com a celebração do “1 000 058.º Aniversário da Arte”, no dia 17 de janeiro. A iniciativa propõe a celebração do nascimento da arte com um programa especial acessível a todos no SubPalco (palco digital do Teatro Viriato no Youtube).

Segundo o artista francês Robert Filliou, seguidor da corrente artística Fluxus, há um milhão e cinquenta e oito anos, precisamente a 17 de janeiro, alguém deixou cair uma esponja seca numa tina com água e a arte nasceu.

Desde 1963 que muitos artistas celebram este dia das mais variadas formas – com (re)encontros, exposições, happenings, concertos, intervenções artísticas, etc. – e foi precisamente por isso que, a 17 de janeiro de 1974, o multifacetado artista Ernesto de Sousa, um defensor de sinergias entre gerações de artistas e um apologista de uma arte experimental e livre, organizou o 1 000 011.º Aniversário da Arte no Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC), a primeira iniciativa a assinalar esta data em Portugal.

“Neste primeiro trimestre, abrimos o ano com a celebração do ‘1 000 058.º Aniversário da Arte’ e a partir daí brindaremos sempre ao encontro pela arte e pela palavra, tentando sempre manter a porta aberta, assim como todos os restantes canais de comunicação disponíveis, acaso a porta física do edifício tiver de voltar a fechar”, explica Patrícia Portela, diretora artística do Teatro Viriato.

No dia 17 deste mês, o Teatro Viriato conta com uma programação especial resultante das escolhas de diversos parceiros como o Cine Clube de Viseu, a Companhia Paulo Ribeiro, o Museu Nacional Grão Vasco, a Sérgio Hydalgo/Galeria Zé dos Bois, o Carmo’81, os Jardins Efémeros, o Museu do Côa, assim como Artistas Associados e Artistas Residentes.

Entidades que, como refere a diretora artística do Teatro Viriato, Patrícia Portela, são “referências incontornáveis de resistência e inovação artística e cultural no país”.

Cada um destes parceiros lançou o seu convite a um artista para que suba ao palco digital do Teatro Viriato com a sua arte.

O programa multidisciplinar “1 000 058.º Aniversário da Arte” já se encontra disponível no site oficial do Teatro Viriato.

Partilhar Artigo: