Revista Rua

2019-05-20T19:38:41+00:00 Cultura, Outras Artes, Radar

Theatro Circo: os espetáculos a não perder nos próximos meses

Hindi Zahara
Redação
Redação20 Maio, 2019
Theatro Circo: os espetáculos a não perder nos próximos meses

Nos meses que antecedem o verão, a majestosa sala de espetáculos do país, o Theatro Circo, em Braga, prepara-se para receber uma singular programação cultural, repleta de artistas nacionais e internacionais, que dominam tanto o teatro como a dança.

A programação arranca amanhã, dia 21 de maio, com a cantora e compositora nova iorquina Sophie Auster, filha dos escritores Paul Auster e Siri Hustvedt. Ligada ao mundo da música e ao cinema, Sophie tem mantido uma carreira discreta, mas emergente, ao longo do tempo. Com a sua voz sensual e atrevida, a cantora irá apresentar o seu recente álbum Next Time, pelas 21h30, na sala principal.

A peça Anjo, do autor Henry Naylor, sobe ao palco no dia 24 de maio e narra a história de uma rapariga síria que é capturada pelo ISIS, ao passo que se converte numa franco-atiradora.

Paião ©Bruno Nacarato

Segue-se a marroquina Hindi Zahara, a 25 de maio, que traz na bagagem o seu último disco, Homeland, um álbum autobiográfico que reflete as diversas influências culturais que demarcam o seu país.

O mês de maio termina com a banda Paião, interpretada pelos músicos João Pedro Coimbra (Mesa), Marlon (Os Azeitonas), Via, Jorge Benvinda (Virgem Suta) e Nuno Figueiredo (Virgem Suta, Ultraleve). Atuam no dia 31 com a apresentação do aclamado disco de estreia que reflete a diversidade da obra de Carlos Paião.

Amadou & Mariam

Já a 6 de junho, a aclamada Lisa Gerrad, dos Dead Can Dance, sobe ao palco principal com The Mystery Of The Bulgarian Voices, um dos mais prestigiados coletivos de música no mundo, vencedores de um Grammy, em 1988. Regressaram às edições discográficas 20 anos depois. Aclamados pela crítica mundial como um dos mais surpreendentes discos de 2018, BoocheeMIsh é o mote para a turné deste ano.

Velvet Carpet é a performance artística apresentada pelos Palcos Instáveis – Segunda Casa, agendada para dia 7 de junho. Sucede-se Selfie, uma peça encenada por Marcus Caruso com estreia marcada no dia 8 de junho.

Amadou & Mariam invadem o Theatro Circo a 14 de junho, num concerto a não faltar. O duo maliano, nomeado para os Grammys, é marcado por um coletivo incontornável na história da música africana.

É tempo de receber os Barry White Gone Wrong, a 15 de junho, com uma mistura de rock, blues e funk, com a icónica e profunda voz de Peter, que lhes confere uma sonoridade singular. Dias depois, a 21 de junho, é a vez dos Indignu, uma banda com um estilo muito próprio de post-rock.

A banda brasileira Francisco el hombre chega pela primeira vez à cidade minhota, a 29 de junho. Marcada por uma corrente musical nómada e transcultural e uma mistura do tropicalismo e do rock&roll norte-americano, confere algum destaque numa programação a não perder.

A programação cultural pode ser conhecida na íntegra no site oficial do Theatro Circo, assim como a aquisição de bilhetes para cada evento.

Partilhar Artigo: