Revista Rua

2019-08-21T12:34:34+01:00 Radar

Vem aí novo Matrix! As curiosidades de uma saga que impulsionou a carreira de Keanu Reeves

No ano em que se comemora o 20.º aniversário do lançamento do primeiro filme da saga, a Warner Bros. anuncia um novo filme com Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss de volta aos papéis principais. A produção está prevista para 2020.
©D.R.
Redação21 Agosto, 2019
Vem aí novo Matrix! As curiosidades de uma saga que impulsionou a carreira de Keanu Reeves
No ano em que se comemora o 20.º aniversário do lançamento do primeiro filme da saga, a Warner Bros. anuncia um novo filme com Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss de volta aos papéis principais. A produção está prevista para 2020.

Depois de Matrix, Matrix Reloaded e Matrix Revolutions, três filmes de uma saga cinematográfica que continua a ter uma legião de fãs em todo o mundo, o universo que trazia à grande tela Neo (Keanu Reeves) e Trinity (Carrie-Anne Moss) está de volta. A realização fica a cargo de Lana Wachowski, que juntamente com a sua irmã Lilly já tinha escrito e realizado os três primeiros filmes. O argumento está a ser também escrito por Aleksandar Hemon e David Mitchell. Na produção, Grant Hill acompanha Lana Wachowski e fontes citadas pela revista americana Variety indicam que o filme começará a ser produzido já no próximo ano. “Nós não poderíamos estar mais entusiasmados em regressar a The Matrix com a Lana”, declarou Toby Emmerich, presidente do Warner Bros. Picture Group. “Lana é uma verdadeira visionária – uma cineasta criativa singular e original – e estamos animados por ela escrever, dirigir e produzir este novo capítulo do universo The Matrix”, acrescenta.

Tendo em conta que os filmes anteriores foram um sucesso gigante de bilheteiras, tendo rendido mais de 1,6 mil milhões de dólares (cerca de 1,4 mil milhões de euros) em todo o mundo, este regresso de Matrix começa já a ser apontado como uma “tempestade arrebatadora” que irá arrasar as salas de cinema quando estrear – não é de mais relembrar que, este verão, Keanu Reeves esteve no grande ecrã com dois filmes bem sucedidos: John Wick 3 e Toy Story 4, colocando em evidência o carinho do público para com o ator.

©D.R.

De acordo com a revista Variety, a Warner Bros. vinha a tentar nos últimos dois anos avançar com este regresso ao universo Matrix, mas problemas com os direitos de produção adiavam o projeto.

É então oficial o regresso dos personagens Neo e Trinity à atualidade. “Muitas das ideias que a Lilly e eu exploramos há 20 anos sobre a nossa realidade são ainda mais relevantes agora. Estou muito feliz por ter esses personagens na minha vida e grata por outra oportunidade de trabalhar com os meus brilhantes amigos”, afirmou Wachowski.

De recordar que o primeiro filme da saga Matrix foi lançado em 1999, comemorando em 2019 os seus 20 anos com exibições especiais nos EUA, em locais selecionados, a partir de 30 de agosto.

As curiosidades que tem mesmo de descobrir sobre a saga Matrix

Neo podia não ter sido Keanu Reeves

Vários atores estiveram “em cima da mesa” para representar o papel de Neo: Tom Cruise, Johnny Depp, Leonardo DiCaprio foram alguns dos nomes que surgiram. Também Will Smith e Nicolas Cage, que recusaram formalmente o papel. A escolha recaiu – e bem, parece-nos – em Keanu Reeves. Também a personagem Morpheus, interpretada na saga pelo ator Laurence Fishburne, podia ter sido Gary Oldman, Samuel L. Jackson, Russel Crowe ou Sean Connery.

A história de Matrix começou por ser uma banda desenhada

Lana e Lilly Wachowski, a dupla de realização, conceberam originalmente o enredo como uma banda desenhada, escrita previamente para a Marvel.

As realizadoras assumiram-se como mulheres transgénero

Larry (Lana) e Andy (Lilly) eram os nomes das realizadoras antes de se assumirem como mulheres transgénero em 2012 e 2016, respetivamente.

A Warner Bros. não queria esta dupla de realização

O estúdio assumiu, na altura, preocupações com a falta de experiência da dupla de realização. Para provar que estavam enganados, as irmãs Wachowski escreveram e dirigiram o filme Bound, que foi bem sucedido.

A cidade sem nome no filme é Sydney, na Austrália

Embora os nomes das ruas pertençam a locais existentes em Chicago, a cidade onde a dupla de realização crescer, a verdade é que a produção de Matrix foi feita na Austrália, por questões fiscais, que reduziram significativamente o orçamento do filme.

Os atores estudaram filosofia antes de iniciarem as filmagens

As irmãs Wachowski pediram aos protagonistas para lerem os livros Simulacros e Simulação de Jean Baudrillard, Out of Control de Kevin Kelly e Introducing Evolutionary Psychology, escrito por Dylan Evans e Oscar Zarate, de forma a entenderam melhor o mundo retratado no filme.

Os atores treinaram todos os dias durante quatro meses

Para executarem na perfeição as cenas de luta, evitando o recurso a duplos, os atores tiveram de treinar todos os dias, durante quatro meses.

Keanu Reeves fez uma cirurgia na coluna cervical antes dos treinos

O ator tinha feito uma cirurgia na coluna cervical antes de iniciar os seus treinos para as cenas de luta e isso exigiu que Yuen Woo-ping, o coreógrafo de artes marciais, ajustasse a coreografia para o ator, que não conseguia pontapear de forma eficaz. Se reparar, no filme, Neo raramente pontapeia.

O ator Hugo Weaving foi operado depois de um ferimento no treino de luta

O ator Hugo Weaving, que dava vida ao agente Smith nos filmes, magoou-se no quadril durante um treino para as cenas de luta e teve de recorrer a uma cirurgia. Esse contratempo mudou o cronograma de filmagens e fez com que algumas cenas de luta só fossem concluídas no final da produção, de modo a dar tempo ao ator para curar as mazelas.

O famoso tiroteio de três minutos foi filmado em dez dias

Neo e Trinity são os protagonistas de uma cena de tiros e explosões que demorou dez dias a filmar – e no filme dura três minutos. Cada bala, cada efeito do tiroteio, demorou mesmo muito tempo a preparar.

O efeito bullet time foi concebido especialmente para Matrix

Todos nos lembramos do icónico momento, em câmara lenta, com Neo a desafiar a gravidade. Esse movimento foi conseguido graças a 120 câmaras fotográficas digitais individuais e duas câmaras de filmagem. As imagens estáticas foram cuidadosamente tratadas para criar o efeito tiro a tiro.

Os óculos de sol das personagens foram feitos à medida

A marca Blinde Design foi a escolhida para fazer, por medida, os óculos de sol que os personagens usam no filme. Os modelos só foram disponibilizados para compra do público geral depois do final da saga.

Partilhar Artigo: