Revista Rua

2019-08-20T16:19:35+01:00 Cultura, Outras Artes

Viagem ao princípio: os 30 anos da Fundação de Serralves

Até 3 de novembro, o museu, casa e parque de Serralves recebe a exposição Viagem ao Princípio: Ida e Volta - 30 anos de Coleção de Serralves.
Redação20 Agosto, 2019
Viagem ao princípio: os 30 anos da Fundação de Serralves
Até 3 de novembro, o museu, casa e parque de Serralves recebe a exposição Viagem ao Princípio: Ida e Volta - 30 anos de Coleção de Serralves.

Assinalando os 30 anos através da apresentação de obras que compõem a sua coleção, obras essas que se destacam na história da coleção do Museu, a Fundação de Serralves apresenta Viagem ao Princípio: Ida e Volta – 30 anos de Coleção de Serralves, uma exposição que ocupa as áreas do museu, casa e parque de Serralves até 3 de novembro. Nesta exposição, podem ser vistas obras que fizeram parte do grupo de obras com vista à constituição do Museu e da Coleção, obras que foram produzidas especificamente para Serralves (para o espaço da Casa, do Museu ou para outros espaços na cidade sob encomenda de Serralves) e obras cuja primeira apresentação pública ocorreu em Serralves ou porque lá integraram grandes exposições individuais.

Com curadoria de Marta Almeida, Isabel Braga e Ricardo Nicolau, esta exposição traz a História de Serralves através de artistas marcantes como Álvaro Lapa, António Dacosta, Ângelo de Sousa ou Joaquim Rodrigo – e ainda muitos nomes internacionais -, numa programação estreitamente ligada ao Porto, não fosse a relação umbilical de Serralves ao contexto cultural da cidade. “Esta exposição dá conta dessa história, ao mesmo tempo que se projeta num presente e num futuro em que Serralves é crescentemente visitado por viajantes interessados em conhecer a região norte de Portugal, o Porto e, na cidade, manifestações culturais contemporâneas, em que se inclui Serralves. Na interseção entre passado e futuro, entre natureza e construção, Viagem ao Princípio: Ida e Volta, exatamente como a famosa fita de Möbius, é uma viagem sem princípio nem fim. Todos a bordo!”, afirma a organização.

Para conhecer os artistas presentes nesta exposição, assim como todas as informações de visita, clique aqui.

Partilhar Artigo: