Revista Rua

2019-12-05T13:40:45+00:00 Gastronomia, Sabores

Visconti, o novo restaurante italiano no Chiado

Ir a Itália sem sair de Lisboa é possível com o Visconti.
Andreia Filipa Ferreira5 Dezembro, 2019
Visconti, o novo restaurante italiano no Chiado
Ir a Itália sem sair de Lisboa é possível com o Visconti.

Texto: Inês Rodrigues

O restaurante italiano Visconti encontra-se em pleno coração do Chiado e propõe um passeio pelos sabores de famosas cidades italianas como Roma, Milão e Nápoles.

Visconti, apesar de ser um restaurante italiano, tem presente alma francesa, não fossem os seus proprietários, Guy-David Gharbi e Marc Laufer, empresários franceses da restauração a investir na capital e arredores (são proprietários do restaurante Legaaal no Bairro Alto e do beach club Bohemian, na Costa da Caparica). Além do Visconti, no Chiado, e de um outro Visconti a abrir em breve nas Docas de Alcântara, preparam-se para inaugurar outros novos espaços de restauração pela cidade.

Gharbi escolheu dar-lhe o nome do seu realizador favorito e, nem de propósito, calhou também ser este o apelido da atriz Maria Visconti, o amor secreto e italiano do artista que dá nome ao conhecido Largo no Chiado.

No Visconti vive-se e respira-se la dolce vita, onde se entra num espaço contemporâneo e aparentemente sofisticado que convida a descontrair em grande estilo.

A decoração é descontraída e acolhedora e apela ao convívio, mas o que realmente nos leva lá é a gastronomia. E o menu, em constante evolução, espelha Itália no seu melhor, de Norte a Sul do país, refletindo o receituário clássico italiano, com toques contemporâneos e autorais, usando sempre ingredientes frescos e premium.

Com várias sugestões deliciosas, no Visconti corre o perigo de, ainda antes de se chegar aos antipasti, devorar o couvert com manteiga aromatizada da casa, grissini, chips de pão italiano, queijo e o premiado azeite Marchesi de Frescobaldi Laudemio. Nos antipasti, a palavra de ordem é partilha. A Focaccia com azeite e alecrim é obrigatória, melhor ainda se acompanhada de uma Burrata, de uma Mozzarela affumicata ou de uma Tábua mista de queijos e charcutaria italiana. Na secção das Pizze, existem 13 variedades fiéis ao tradicional estilo napolitano, um destaque para a Margherita, a Pugliese e a Calabrese – mais três Calzoni, como a de Burrata e a de Trufa. Chega a vez das proteínas. Da Terra pode optar-se entre os Scalopini a la Milanesa ou o Entrecôte Toscano 240g com risoni; do Mare, o difícil será escolher entre o Filete de Robalo com risotto de tomate ou o Polvo com linguini nero. Finalmente as Ricette al Dente, cinco massas frescas feitas in house, onde se destaca a Carbonara com guanciale e a romana Caccio e pepe. Nos dois pratos de Risotto, o Di Mare Especial é um mergulho no Oceano e de cogumelos selvagens que nos leva à terra.

Apesar de todas estas sugestões, todos os dias da semana, ao almoço, a primeira página da carta sugere um prato do dia.

Partilhar Artigo: