Revista Rua

2021-01-05T14:05:12+00:00 Atelier, Moda

Vista Alegre anuncia um novo e surpreendente segmento

As novas propostas já se encontram disponíveis para venda, tanto no site da marca como em várias lojas físicas.
Redação
Redação5 Janeiro, 2021
Vista Alegre anuncia um novo e surpreendente segmento
As novas propostas já se encontram disponíveis para venda, tanto no site da marca como em várias lojas físicas.

A Vista Alegre apresenta um novo segmento que promete completar e trazer mais valor à reconhecida oferta da marca. A nova coleção de écharpes e mantas une o design, a mestria do saber e o conforto numa proposta surpreendente e sustentável, definida pela pureza e qualidade da caxemira.

Com esta nova aposta no segmento têxtil, a marca de porcelana, cristal e vidro de elevada qualidade anuncia o lançamento de uma coleção de requinte, composta por três écharpes e duas mantas, com inspiração nas decorações de algumas das coleções já conhecidas. A evolução orgânica promete dar continuidade à paixão da marca pela arte e pela beleza, refletidas em acessórios de moda definidos pela originalidade, sofisticação e conforto excecional, graças ao uso da caxemira de qualidade superior.

Assim, surgem peças com uma suavidade incomum, uma maior leveza e uma textura especialmente delicada, proporcionando um conforto único. Duality é um modelo que evoca a dialética de naturezas opostas, através do rigor, da serenidade e da emoção, harmonizando elementos sobriamente clássicos com flores exuberantes, num rodopio de cor. Já Amazónia destaca o exotismo da cultura amazónica e do legado artístico da marca, combinando expressões estéticas de enorme riqueza e simbolismo, que espelham uma maior diversidade cultural cultivada pela marca. Transatlântica é um terceiro modelo que evidencia padrões clássicos, numa visão mais original e moderna. Por último, Ivory surge numa inspiração no branco do mundo natural, celebrando a simplicidade com elegância e acentuando a sensação de conforto.

Numa contínua procura por novos conhecimentos e na descoberta dos melhores especialistas, a Vista Alegre encontra na Mongólia a matéria-prima e o saber técnico ideais para dar corpo a este segmento. No terreno remoto e marcado pelo clima difícil, a marca consegue converter o fio em caxemira de maior nobreza, um tecido raro e exclusivo, fruto de um longo processo de pastoreio, de recolha e de transformações manuais.

Um projeto sustentável

A cadeia de obtenção e de transformação da caxemira são processos que asseguram a delicada simbiose entre humanos, animais e ambiente. O respeito pelos caprinos e pela pequena quantidade de material recolhido garantem uma produção mais sustentável. Através deste projeto, a Vista Alegre participa na melhoria da qualidade de vida e de trabalho da comunidade local.

Ana Moura e Catarina Furtado são a imagem da nova coleção

A consagrada fadista portuguesa, Ana Moura, junta-se a Catarina Furtado para dar vida a esta nova coleção têxtil da Vista Alegre, repleta de simbolismo e força. Para Ana Moura: “Quando me foi lançado este desafio não hesitei em aceitar por várias razões. Desde logo, porque me apaixonei pelas écharpes e pelas mantas que a Vista Alegre criou. Confesso que são peças que qualquer mulher adorará ter no seu guarda-roupa como complemento de moda, ficando as mantas bem em qualquer casa. A cor, a vida e a qualidade da coleção identificam-se plenamente comigo e, acredito, com a maioria das mulheres que gostam de sofisticação e requinte”.

Já Catarina Furtado mostra-se também confiante com este lançamento da marca: “A Vista Alegre é sem dúvida o prolongar de uma identidade nacional que a todos deve orgulhar. Além disso, através desta coleção, a marca está a contribuir para a preservação de um ecossistema e uma cadeia de conhecimento que perduram através da história de forma praticamente intocada, e onde o tempo é rei. Um projeto que, pelo seu cariz sustentável, ainda mais me atraiu, coroado pela beleza e versatilidade das écharpes e mantas”.

As novas propostas já se encontram disponíveis para venda, tanto no site da marca como em várias lojas físicas.

Partilhar Artigo:
Fechar